Rapper Froid nos braços de seu público
Blog | Opinião

Froid: De Brasília para os braços do público O rapper Froid estreou no João Rock e mostrou seu talento no festival

13 de junho de 2018

Por Gabrielli Silva                                                                                                                   Foto: Felipe Vieira

Froid, que iniciou sua carreira em Brasília, apresentou-se no último sábado, 9 de junho, no festival João Rock. O músico fez parte do grupo Um Barril de Rap, também composto por Sampa, Yank e Disstinto. O grupo anunciou seu término em fevereiro de 2017. Desde então o rapper vêm seguindo a carreira solo e lançou seu primeiro disco, O Pior Disco do Ano, em dezembro de 2017.

Froid cantou pela primeira vez no festival no palco Fortalecendo a Cena e trouxe com ele a rapper Cynthia Luz, com quem tem músicas em conjunto, como Lamentável, Pt. III e a mais recente, Garota. O show teve início com o rap Flow Lázaro Ramos e, apesar da qualidade acústica do palco não ser das melhores, o músico não deixou a desejar, provou a qualidade da sua voz e fez com que o público acompanhasse suas letras e se movimentasse, sentindo a energia e a essência de suas músicas durante os 55 minutos de show.

Suas músicas são profundas e carregadas de contexto. Com rimas inteligentes e cheias de referências, Froid utiliza desde fatos do cotidiano até a filosofia para criticar e debater problemas da sociedade, como preconceito, violência e legalização da maconha. Ainda nesse âmbito, o cantor utilizou-se além das palavras para se manifestar, quando em um determinado momento do show, durante a música Bicho de 7 Cabeças / A Culpa é das Igrejas, fumou um cigarro de maconha que recebeu da platéia.

Muito além de entretenimento, seu som passa longe de ser superficial, é a função mais genuína da música: protesto. O ápice da performance foi quando o rapper, durante a música Sou Alaska, pediu para que as pessoas que o ouviam acendessem isqueiros e lanternas de celulares, a beleza das luzes reafirmaram a energia que ligava o artista a seu público.

Foto de Felipe Vieira

O cantor conquistou o festival e mostrou para o que veio. Não será surpresa se ele estiver presente no palco principal nas próximas edições. Mesmo preocupado com o tempo limitado, Froid interagiu com a plateia durante todo o show. E, ao final, ele e Cynthia Luz desceram do palco e se juntaram aos fãs, rompendo de vez com as barreiras e encerrando o show junto de seu público.

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *