Show do Skank no festival João Rock 2015
Opinião

Skank no João Rock 2018: gerações unidas pelo rock nacional A banda contagiou mais uma vez mais uma vez o palco principal com sua energia

16 de junho de 2018

Por Gabrielli Silva

Há uma semana, o Skank apresentou-se pela 6ª vez no festival João Rock. A banda mineira formada em 1991 continua conquistando pessoas de todas as idades e unindo gerações. Apesar de já serem veteranos do festival, os músicos atraíram a multidão para o palco principal e fizeram as pessoas se movimentarem no ritmo de seus sucessos do início ao fim.

A banda fez o público sair do chão desde o começo do show, ao som da música “Do Mesmo Jeito”, do seu álbum mais recente, Velocia (2014). Em seguida, já em clima de Copa do Mundo, fizeram a platéia soltar a voz com “É Uma Partida de Futebol”. Entre uma música e outra, o vocalista, Samuel Rosa, interagiu com os fãs e, por mais de uma vez, elogiou a beleza da platéia.

Show do Skank no João Rock 2013
Show da banda no festival de 2013 (Foto: João Rock/ Reprodução)

O ápice da emoção foi quando os músicos relembraram seus primeiros sucessos, como “Jackie Tequila”, do seu segundo álbum, Calango (1994), responsável por consagrar o sucesso da banda. E fizeram o público pular com “Vou Deixar”. Durante aqueles minutos, uma multidão de diferentes idades, cores e crenças estava unida pelo mesmo motivo: o amor pela música.

As vozes vindas do público, acompanhando todas as letras, das mais recentes às mais antigas, deixaram a atmosfera do show ainda mais especial. A animação dos fãs era um reflexo da energia contagiante dos ídolos. Em uma hora de show, o Skank mostrou porque, mesmo com quase 30 anos de carreira, ainda encanta a admiração de tantas pessoas. Mais do que talento, a cada faixa, a banda demonstrava sua paixão pela música, tornando impossível não se deixar cativar.

Skank encerrou sua presença no festival ao som de “Garota Nacional” e “Vamos Fugir”, deixando nos fãs um misto de nostalgia e um gostinho de quero mais.

SalvarSalvar

SalvarSalvar

SalvarSalvar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *